sex, 01 de setembro

Data Mining e Big Data no Excel

Estamos vivendo numa nova era, com uma nova linha de tendências, de forma que a tecnologia evolui junto a esse movimento, assim novas metodologias surgem para exploração de dados.

O grande volume de dados em diversos locais e em diferentes plataformas vem tornando o Excel obsoleto e complicado de se trabalhar com essas informações, contudo, a Microsoft disponibilizou alguns suplementos de BI, capazes de rodar dentro do próprio Excel, desde que a versão dele seja 2013 ou superior.

Esses suplementos aumentam e muito a capacidade do Excel, fazendo com que o programa não perca espaço neste mercado que vive em constante evolução.

Hoje falaremos um pouco sobre Power Query, Power Pivot e Power View.

 

Habilitar os suplementos caso estejam desabilitados:

Utilizaremos para demonstração neste artigo o MS Excel versão 2016, é possível que haja pequenas mudanças de versão para versão.

Para habilitar os suplementos de BI no Excel, vá na guia Arquivo >> Opções >> Suplementos, e em Gerenciar selecione Suplementos COM e clique em IR...

A seguinte tela será exibida, certifique-se que os itens na imagem abaixo estejam

aparecendo e flegados.

1

 

POWER PIVOT

Nas guias disponíveis do Excel você verá uma aba referente ao Power Pivot, esse suplemento é capaz de realizar análises de dados robustas e se conectar com as mais diversas fontes de dados.

2

Clique na função Gerenciar, à esquerda e a seguinte tela abrirá:

3

Este suplemento é capaz de importar informações de diversas bases de dados, correlaciona-las, criar colunas calculadas, medidas e muito mais, tudo isso com muita facilidade e interatividade.

4

 

FÓRMULAS

Ao contrário do Excel, as fórmulas presentes nos suplementos de BI são um pouco mais complexas, conhecidas como fórmulas DAX (Data Analytics Expressions) seu foco se baseia em analisar, manipular e tirar total proveito de seus dados.

5

 

POWER QUERY

Voltando para a tela do Excel, na guia Dados >> Nova Consulta.

Power Query é uma tecnologia de conexão de dados que permite que você descubra, conecte, combine e refine as fontes de dados para atender as suas necessidades de análise (por exemplo, remover uma coluna, alterar um tipo de dado ou mesclar tabelas).

O suplemento guarda cada etapa que você realizou, e sempre que quiser, poderá realizar consultas baseadas nos parâmetros que você já definiu, tornando muito menos exaustivo a atividade de tratar os dados para depois utiliza-los para análises.

Após se conectar a alguma base de dados pelo Power Query, a seguinte janela será exibida:

6

Como podem ver à direita, ele guarda cada tratamento que você realiza com seus dados, para que assim, em futuras consultas realizar essa tarefa automaticamente.

 

POWER VIEW

Nos tópicos anteriores vimos a utilidade do Power Pivot e Power Query, porém, para que utilizaremos esses suplementos?

Na maior parte das vezes os utilizamos para apresentação de informações, estatísticas e perspectivas, e é justamente nessa parte que entra o Power View. Esse suplemento unido ao Power Pivot e Power Query, é responsável pela visualização e apresentação de seus dados de forma totalmente intuitiva.

7

 

Com ele você pode:

– Criar gráficos e visualizações.

– Criar segmentações.

– Criar classificações de dados.

– Filtrar e realçar os dados.

– Criar e compartilhar relatórios com vários tipos de exibição.

E muito mais.

8

Acesse o Power View da seguinte forma:

Clique em arquivo >> Opções >> Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, e na opção Escolhe Comando Em: selecione, Comandos Fora da Faixa de Opções.

Procure pelo Item: Inserir Relatório do Power View e clique em OK.

9

O ícone acima aparecerá, clique nele e a seguinte tela será exibida, é normal que este suplemento peça a instalação do Microsoft Silverlight, caso não o possua instalado, será necessário o faça.

10

Os suplementos são fantásticos, e podem facilitar muito a sua vida na hora que o chefe pedir aquele relatório, ou aquela informação que você não tem ideia de como obter.

Entre de vez no mundo BI, conheça nosso curso voltado a Data Analytics e aprenda não só a manipular os suplementos do Excel e fórmulas DAX, mas também a utilizar o Power BI Desktop. Com ele você tira o máximo de proveito do BI.